segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Agora e SEMPRE

A nova música da ADELE é maravilhosa, mas sobretudo fala diretamente aos meus ouvidos que dormem às vezes aqui no meu peito. São os olhos que por vezes eu vedo, mas não consigo cegar. O meu coração que só que reencontrar...

Aos que curtem a moça http://www.youtube.com/watch?v=XnO7NemTbjE


Agora e Depois
Ás vezes o buraco
Que você deixa machuca meu coração
Tanto que isso corta atraves
Das partes mais profundas de mim
E enche minha boca
Com palavras que eu choro
Como eu continuo tentando
Permanecer dentro

Corações se partem
E corações esperam
Para nos fazer
Crescer do pó
E então nossos olhos choram
E nossas almas suspiram
Para que saibamos
Que isso machuca
Nossos corações se partem
E esperam
Para nos fazer
Crescer do pó
E então nossos olhos choram
E nossas almas suspiram
Para que saibamos
Que isso machuca

Sempre, agora e depois
As minhas memórias doem
Com idéias vazias
Daqueles que poderiamos fazer
Mas assim que o tempo passa
E eu envelheço
Eu amo quem eu conheço
Eles são suficientes
Para imaginar a chuva

Por que corações se partem
E esperam
Para nos fazer
Crescer do pó
E então nossos olhos choram
E nossas almas suspiram
Para que saibamos
Que isso machuca
Nossos corações se partem
E esperam
Para nos fazer
Crescer do pó
E então nossos olhos choram
E nossas almas suspiram
Para que saibamos
Que isso machuca

Você sabe
Quando me fazer
Eu devo
Apenas a sua cura




Now And Then
Sometimes the hole
You left hurts my heart
So bad it cuts through
The deepest parts of me
And fills up my mouth
With words that I cry
How I'm still trying
To stay inside

Hearts break
And hearts wait
To make us
Grow from dust
Then our eyes cry
And souls sigh
So that we know
That it hurts
Our hearts break
And hearts wait
To make us
Grow from dust
Then our eyes cry
And souls sigh
So that we know
That it hurts

Every now and then
My memories ache
With the empty ideas
Of the ones we'd made
But as time goes on
and my age gets older
I love the ones I know
They're enough
To picture the rain

Cause heart break
And hearts wait
To make us
Grow from dust
Then our eyes cry
And souls sigh
So that we know
That it hurts
Our hearts break
And hearts wait
To make us
Grow from dust
Then our eyes cry
And souls sigh
So that we know
That it hurts

You know
When to make me
I might
Just your heal (4x)

Aos meus amores...
Nunca é fácil começar, mas a cada dia tenho certeza que jamais se perde o que realmente te conquistou, ou o que vocÊ conseguiu por meio de verdade.
Abraço



2 comentários:

  1. Linda mesmo, mana. Traga aqui pra Belém, pois estou procurando no 4shared e não consigo encontrar. beijok.
    Olha, a mami tá bem, já dormiu, vai trabalhar amanhã...
    Saudade e mais saudade...

    ResponderExcluir
  2. Bem, eu tenho temido mudar, Porque eu construí minha vida ao seu redor, Mas o tempo traz coragem; crianças envelhecem, Estou envelhecendo também.(sinopse do meu blog)
    Acessa o meu blog?
    "Crianças Envelhecem"

    http://criancasenvelhecem.blogspot.com/

    Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
    Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
    Atenciosamente Dinha".

    ResponderExcluir

"Quebrem as correntes dos seus pensamentos e conseguirão quebrar as correntes do corpo..." ("A História de Fernão Capelo Gaivota" BACH, 1970, p. 122/3).
Hilda Freitas, Belém/PA